/biografia

jÚNIA_gARRIDO_MARÇO_19.jpeg

Durante as aulas de fotografia do curso de relações públicas da faculdade UniBH, Júnia Garrido começou a conhecer essa arte. Em 2001, já formada e atuando no mercado publicitário, ela resolveu deixar a carreira para investir na profissão de fotógrafa.

Nos primeiros anos, fotografou muitos espetáculos como assistente, o que a fez investir nesta área. Segundo Júnia, o show mais marcante foi o de BB King, produzido com a sua primeira câmera de filme.

No fotojornalismo teve trabalhos publicados nos jornais Hoje em Dia, Estado de Minas e O Tempo, também assinou editoriais nas revistas Encontro, Encontro Rural, Contigo, TB Magazine e Star. Atualmente é colaboradora da revista Caras em Minas Gerais e da Futura Press Fotojornalismo.

Júnia Garrido também realizou produções relevantes para as empresas Coca-Cola, Vale, Amil, Vivo, Petrobrás, Gerdal, BMG, Minas Brasil Seguros, Grupo Bandeirantes de  Comunicação, Todeschini, Tracbel, Mary Kay, Casa Cor Minas, Tenco, Coleguium, Colégio São Francisco Xavier de Ipatinga e para a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador.

No espaço da moda participou de coberturas para diversas grifes, dentre elas: Colcci, Levi's, Vivaz, Poison, Ronaldo Fraga, DTA, Patogê.

“Acredito, que a fotografia enquanto profissão não é para qualquer um. É para os fortes! Os estudiosos, os dedicados, os comprometidos, os pontuais, os sensíveis, os criativos, os insistentes, os incansáveis e os guerreiros, pois, estes são os profissionais que contribuem para que o mundo enxergue o melhor ou o pior das suas lentes”, Júnia Garrido.